HTMLanguage


Posts sobre o CIO IT Summit 2008

Posted in summit por hugotm em setembro 8, 2008
Tags: , ,

 

MM - CIO 2.0

MM - CIO 2.0

O CIO IT Summit foi intenso e não consegui blogar ainda sobre o evento. Trouxe vários “mind maps” e nos próximos dias vou passando eles a limpo nos posts.

 

Primeira impressão: há muitas oportunidades no tema “Web 2.0” na área de Finanças. Perdemos muito tempo focando na rotina e, para extrairmos o melhor das novidades e aproveitar as oportunidades, precisamos esfriar a cabeça em eventos como este. Do outro lado, é evidente que as empresas ligadas a Finanças tem que quebrar muitos paradigmas no assunto Web 2.0, diferente do Varejo..

 

Abraços!

Basecamp – Melhor do que MS Project.

Posted in tool review por hugotm em agosto 6, 2008
Tags: , ,

   A ferramenta Basecamp é realmente sensacional para o gerenciamento de projetos. Ela não tira o formalismo como alguns dizem, mas simplifica e oferece dinamismo as disciplinas e fases do projeto.

Ao se registrar, você pode gerenciar um projeto sem ter custo – para mais projetos você paga (SaaS). Estamos utilizando ele na empresa que trabalho para gerenciar a incorporação de outra empresa e é fantástica a rapidez com que todos aprendem a usar a ferramenta – a interação é instantânea.

Continuo usando MS Project para Gantt Chart e outras informações, mas o Basecamp torna o trabalho mais sofisticado através da simplicidade. Parece contraditório, mas não é.

Experimente: http://www.basecamphq.com/

chacha.com – Mais uma inovação disruptiva de Scott Jones?

Posted in inova?!,url review por hugotm em agosto 1, 2008
Tags: , , , , ,

Talvez você já tenha ouvido falar neste serviço, mas caso não conheça, vale a pena visitar o endereço www.chacha.com.

Criado há quase um ano o chacha.com é um motor de busca alimentado diretamente por pessoas. Você pode enviar perguntas pelo seu celular ou computador e alguém fará a consulta em diversas fontes (redes de relacionamento, sites de notícia, enciclopédias, etc.) e devolverá a resposta por SMS ou email.

Quando li pela primeira vez que seu inventor, Scott Jones, foi o criador do voicemail adotado posteriormente pela maioria das empresas de telefonia, tive uma sensação estranha por não ter percebido que um dia o correio de voz havia sido uma inovação disruptiva. Talvez por não ter usufruído do momento de inovação proporcionado por esse “advento tecnológico” no início dos anos 80, pois era muito novo, eu não havia parado para pensar o quanto ele impactou a vida das empresas e pessoas. Na wikipedia, no termo voicemail, é citado que a GE chegou a economizar US$ 1.100/ano x empregado com a adoção do voicemail.

Scott Jones sorrateiramente criou mais uma inovação que pretende modificar o mercado de busca. É certo que o serviço atende um nicho específico, mas por estar disponível em SMS e na internet, acaba concorrendo em certos momentos com buscadores e em outros com aplicações móveis. Se compararmos o seu desempenho em relação ao Slifter e ao Loopt, aplicações para celulares (gráfico abaixo), vemos que o ChaCha está disputando neste mercado e não com os buscadores, já que o acesso ao Google é 3.000 vezes maior que o pico de acesso diários ao ChaCha .

O chacha.com traz um conceito interessante que está relacionado com a Web 2.0, pois a grande fonte de informação são pessoas que se utilizam de redes sociais e buscadores para responder as questões dos usuários. Mais uma vez o humano está no centro do negócio, e agora no intermédio do processo de serviço.

Apesar de ter ganho o Fast-Pitch Contest em Abril, a aplicação não parece ter se estabelecido de vez no mercado. Ainda observando o gráfico acima, vemos o Loopt se aproximando do número de acessos do ChaCha nos últimos dias, o que pode ser explicado por ter sido um das aplicações apresentadas no lançamento do iPhone 3G.

O futuro do ChaCha permanece incerto, mas pelo passado de Scott Jones, sabemos que ele deverá trazer outras idéias com grandes chances de sucesso na inovação.

Este blog aceita correções de português

Posted in htmlanguage por hugotm em julho 31, 2008
Tags: , ,

Bolei este selo para deixar público que este blog aceita correções gramaticais, ortográficas e de referências citadas. Sempre fico incomodado quando visito um blog e vejo algum erro, pois não sei se o autor ficará chateado se eu sugerir alguma correção. Acredito que isso aconteça com todo mundo, por isso bolei o selo.

No caso de um jornal, há sempre a revisão antes da publicação, mas com os blogs não acontece assim, pois o texto vai direto para o leitor! Claro que hoje em dia há blogs, principalmente os corporativos, que têm até mesmo uma equipe editorial e “ghost writers” especializados. Não é o nosso caso…

Esta lançado o selo! Meu objetivo com ele é bem 2.0 – passar conhecimento com o blog e também receber. Se alguém quiser, pode utilizar o selo à vontade (confesso que fiquei na dúvida se deveria ter a crase neste último “a”)

🙂